Assassin’s Creed I

Lançado em novembro de 2007, o primeiro jogo da série Assassin’s Creed foi um grande sucesso. Com um enredo viciante, rapidamente quem vive o assassino se prende ao jogo e principalmente ao personagem principal – Altaïr Ibn-La’Ahad.

História

No ano de 2012 o barman Desmond Miles, que é descendente da Ordem de Assassinos, é seqüestrado por membros das Indústrias Abstergo, comandada por cavaleiros templários atuais, e forçado a usar o Animus, um dispositivo capaz de criar projeções em três dimensões a partir de memórias de ancestrais contidas no DNA. Na pele de Altaïr Ibn-La’Ahad, ele é obrigado a localizar pedaços do Éden, que são artefatos de grande poder criados por Aqueles Que Nos Precederam.

Vivendo como um membro da ordem de assassinos Hashshashin seu principal objetivo é eliminar os membros da Ordem dos Templários, responsáveis pela Terceira Cruzada. A história se passa nas cidades de Damasco, Jerusalém e Acre. Como Altaïr o assassino deve percorrer por todas estas cidades fazendo como vítimas os integrantes dos templários.

Capa jogo Assassins Creed I

Jogabilidade

A história que envolve o jogo já garante uma boa aventura. O personagem tem uma grande liberdade e diversidade de movimentos e armas, que fazem dele um verdadeiro assassino. Mas o ponto interessante não está na capacidade de fazer vítimas, mas na capacidade de camuflar e desaparecer nas multidões, uma grande qualidade deste assassino.

Como dito no início, Assassin’s Creed consegue atrair e prender o jogador. Apesar de alguns bugs (normalmente encontrado na primeira versão de softwares, especialmente jogos) o jogo garante a diversão de quem o joga. Com o tempo vai pegando os macetes e aumentando seu potencial no momento de caçar e fazer vítimas, além enxergar e capturar os artefatos que fazem parte da sua missão no jogo.

Informações

Este jogo eletrônico da Ubisoft foi desenvolvido para PlayStation 3, Xbox 360, Windows e Mac OS.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado


*